quarta-feira, abril 16, 2008

mesmo não sabendo passar cola, eu te amo.


Hoje foi um dia estranho. Eu olhei pra Helenize no início da aula, às 7:35 da manhã e não parei mais de recordar do tempo passado. Fiquei lembrando que nós eramos inseparáveis, que ela foi minha primeira melhor amiga, umas das primeiras meninas que eu vi quando eu entrei na sala no Pré I. Que hoje, deu uma saudade de voltar naquele tempo... Que não tinha malícia em nenhuma de nossas conversas, ela me pedia meu signo e eu sempre esquecia o que era signo. Que ela sempre foi uma ótima aluna, sempre gostou de ler, o que foi um impulso pra mim devorar dois livros por mês. Que ela era sempre minha dupla na aula de informática e que enquanto ela fazia os trabalhos eu ficava mexendo no celular dela. Aquela coisa de bilhetinho e segredinhos e confições de criança.Hoje eu simplismente olhei pra ela e abracei-a e não desgrudei dela. Que mesmo não sendo tão amigas agora - impossível e lamentável alguém nunca ter dito isso - ela continua ali do meu lado, sendo tão importante quanto sempre. Me deu colo quando eu chorei, nas tantas vezes que eu chorei, me consolou, me ensinou - principalmente que amizade não é descartável, é algo que deveria durar para sempre. Que brigas nos fortaleceram e mesmo sendo estabanda ou tento algumas opiniões opostas as minhas eu amo ela, muitas vezes não respeitando como devia (EU SEI QUE EU SOU PÉSSIMA), ela é muito mais importante que eu podia imaginar. Me deu um estalo e eu me liguei que sentirei muita falta dela, quando ela não estiver mais do meu lado todos os dias na sala de aula.
Conheço ela faz doze anos, ambas mudaram, mas rir com ela é uma das coisas que mais me deixa feliz. Que é só eu fazer uma pequena menção que eu vou chorar ela já se preocupa, inclina a cabeça pro lado e diz: 'Brrruuu, que que foi?!' Quem a olha não diz isso tudo, que ela pode ser tão companheira pra tristes e principalmente felizes momentos.
Eu não queria ter feito um buraco tão grande nas nossa amizade, mas talvez isso foi preciso acontecer e acho que amanhã eu vou continuar a abraçar ela, que se depender de mim, ela não se livra de mim até o final do ano que vem.
Pra entenderem: a última foto que eu tirei com ela foi em sua festa de 15, em setembro do ano passado. Ela estava linda e eu me acabei naquela festa.
A foto ali em cima é a única descente. E tá horrível, acho que em 2004, ou 2005.

2 comentários:

  1. minha irmã diz que o titulo tá pessimo. :(

    ResponderExcluir
  2. por isso eu troquei.
    não importa qual era o outro ¬¬

    ResponderExcluir